Simplifique sua vida: consumo de informação

Esse é mais um texto da série “Simplifique sua vida”, na qual eu
narro minha jornada para eliminar o máximo possível de complicações,
seguindo as ideias do Simple Living Manifesto de Leo Babauta.

Assim como passar a manhã toda respondendo emails não é nada
produtivo, passar a noite toda na frente da TV provavelmente não é (a
não ser que você seja um fã verdadeiro).

O excesso de informação que chega até nós foi um dos principais
motivadores para essa minha jornada para simplificar. Abrimos um jornal
(ou sua página na web), e vemos centenas de notícias, notas, colunas.
Entramos no Twitter e a nossa linha do tempo está recheada de links e
comentários sobre o iPhone dourado. Abrimos nosso Facebook e alguém
ainda acha que os memes são legais. Acompanhamos alguns blogs e nosso
leitor de RSS tem 200 itens não lidos.

Não pode ser assim. Simplificar a nossa vida envolve consumir menos
informação.

O perigo de querer manter-se informado

Leo Babauta toca nesse ponto sensível e eu realmente me questionei. Eu
era daqueles que achava absurdo uma pessoa não ler jornal; como assim,
você não sabe o nome da Chanceler da Alemanha? Eu achava que saber
exatamente o que está acontecendo é a única maneira de evitar que outras
pessoas nos enganem.

Vamos combinar: o que muda na minha vida se eu não soubesse que a Angela
Merkel é a chefe de governo da Alemanha?

Nichts, como diriam os alemães.

Nós não precisamos saber de tudo. Você não precisa saber os detalhes
do último escândalo. Não precisa monitorar as contratações do seu time.
Não precisa saber todos os recursos do novo iOS ou do novo Android. Se
você quiser realmente saber de tudo, vai precisar gastar uma quantidade
absurda de tempo. É melhor então se conformar e adimitir que não é
possível ficar sempre atualizado. Eu tenho achado muito mais eficiente
dedicar um tempo para pesquisar mais sobre algum assunto, se eu quiser
saber mais.

E entro em sites de notícias uma ou duas vezes por dia, checho o Twitter
uma vez a cada três ou quatro horas, e mantenho uma lista de apenas doze
blogs que eu realmente quero acompanhar. O resto é supérfluo.

Em ação

Pense nas maneiras pelas quais informação chega até você, e reduza esse
número ao máximo. Sugestões:

  • Dedique um tempo específico para ler notícias. Leia um pouco de
    manhã e um pouco à noite, mas não tenhe ficar acompanhando os
    acontecimentos durante o dia.
  • Limpe a sua linha do tempo no Facebook e no Twitter. Siga menos
    pessoas.
  • Se você acompanha blogs por RSS, evite excessos.

E vá fazer outras coisas.

Anúncios

Um comentário sobre “Simplifique sua vida: consumo de informação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s